Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para busca 3 Ir para rodapé 4 Acessibilidade 5 Alto contraste 6

---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?


Ipuaçu decreta situação de emergência devido à estiagem

Publicado em 07/01/2022 às 09:51 - Atualizado em 07/01/2022 às 09:51

A prefeita Clori Peroza assinou nesta quarta-feira (05), o decreto 003/2022 em que declara situação de emergência em Ipuaçu devido ao baixo volume de chuvas que já impacta todo o município, principalmente o setor agrícola.

Segundo a Defesa Civil Municipal, no ano de 2021 foram registrados 1463 mm de chuva, ou seja, 1463 litros de água por metro quadrado durante o ano. O esperado para este período era de 2067 mm de chuva segundo os dados fornecidos pela Defesa Civil Estadual. Isso demonstra um déficit de 604 mm, ou seja, faltaram 604 litros de água por metro quadrado no ano de 2021.

A Secretaria de Agricultura já atendeu pedidos de envio de água para algumas localidades na área rural para atender o consumo dos animais. Na área urbana, a Casan solicita também que ocorra o consumo da água de forma consciente, evitando o desperdício e o uso não essencial, pois a vazão dos poços artesianos dimimuíram 15%.

Ainda, na manhã desta quinta-feira (06), houve uma reunião online com os prefeitos da Amai, secretários de agricultura da região da Amai, responsáveis pela defesa civil e o secretário de Estado da Agricultura, da Pesca e do Desenvolvimento Rural, Altair Silva.  O assunto foi referente às medidas e recursos que serão destinados para amenizar os efeitos da estiagem nos municípios. 

Em Ipuaçu participaram virtualmente a prefeita Clori Peroza, o secretário municipal de agricultura, Modesto Bevilaqua e o coordenador da Defesa Civil Municipal Weslen Mollmann.